CREMESP Define normas de videochamadas para pacientes internados

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo publicou no dia 05/05/2021 a Resolução No.347 que tem o objetivo de orientar os médicos do Estado sobre o uso ético das videochamadas, permitindo a interação entre o paciente e seus familiares em situações que impossibilitam o contato pessoal entre eles.


A Resolução esclarece que celulares e tablets são ferramentas tecnológicas importantes para a humanização do atendimento e o contato com seus familiares e entes queridos. Entretanto, também reforça que os direitos humanos fundamentais e constitucionais não podem ser esquecidos.


Dessa forma, se o paciente tiver a capacidade de permitir, as videochamadas ocorrerão de acordo com a sua decisão. No caso do paciente não ter capacidade de dar a permissão, o médio poderá designar preciamente um representante, a quem caberá responder pelo paciente quanto à videochamada se estiver sedado ou de coma.


Maiores informações no site do Cremesp. http://www.cremesp.org.br

Logo-IMP-001-05.png